REGULAMENTO TÉCNICO E DE ARBITRAGEM 2024 - APROVADO PELO CONSELHO TÉCNICO E DE ARBITRAGEM
Nosso Blog

REGULAMENTO TÉCNICO E DE ARBITRAGEM 2024 - APROVADO PELO CONSELHO TÉCNICO E DE ARBITRAGEM

REGULAMENTO TÉCNICO E DE ARBITRAGEM 2024


Publicações, publicado em 21/01/2024

 

 

 

 

 

 

FEDERAÇÃO GOIANA DE JUDÔ

 

 

 

 

 

REGULAMENTO

TÉCNICO E DE ARITRAGEM 2024

 

 

 

 

 

 

FEGOJU

 

 

 

 

 

 

REGULAMENTO TÉCNICO PARA OS EVENTOS DA FEGOJU EM 2024

 

01  FINALIDADES

 

O presente Regulamento visa disciplinar e normatizar a participação das entidades filiadas e entidades vinculadas, árbitros, técnicos e atletas registrados na FEGOJU, estendendo a sua aplicação a todos os eventos oficiais a níveis estaduais e municipais, promovidos ou autorizados pela Federação Goiana de Judô - FEGOJU.

 

– São consideradas promoções oficiais da FEGOJU, as constantes de seu Calendário Anual, divulgado no site www.judogoias.com.br em calendário, bem como, aqueles autorizados pelo presidente da FEGOJU.

 

– Fixar e definir atribuições e responsabilidades aos coordenadores, árbitros, mesários, professores, técnicos e atletas no decorrer dos eventos da Federação Goiana de Judô e suas participações nos eventos nacionais da Confederação Brasileira de Judô – CBJ, obedecidas as normativas emitidas  por esta entidade.

 

 

02  CONDIÇÕES DE EXECUÇÃO

 

A FEGOJU se reserva no direito de determinar em definitivo as datas e locais das competições, depois de obtidas às confirmações necessárias, bem como, o direito de modificá-las de acordo com a necessidade e possibilidade de execução por ato exclusivo e discricionário do presidente da FEGOJU, ouvindo o Conselho Técnico e de Arbitragem da FEGOJU.

 

– Terá o direito de participação nos campeonatos oficias da FEGOJU em 2024, somente os atletas e entidades devidamente filiadas ou vinculadas, estando todos em dias com suas obrigações estatutárias e financeiras e as entidades convidadas pela presidência da FEGOJU, podendo ser abertos, em conformidade com o regulamento específico de cada evento, onde obedecerá o estabelecido no regulamento e programação do evento, podendo neste caso, ter atletas não registrados, desde que representando entidades com CNPJ.

 

A FEGOJU não fará empréstimos de materiais esportivos (tatames, monitores, computadores, balanças, etc) para realização de eventos não oficiais que não constem de seu calendário, sendo terminantemente proibido, com exceção dos eventos autorizados pela presidência e com anuência do Conselho Técnico e de Arbitragem da FEGOJU.

 

Os Campeonatos oficiais serão realizados nas seguintes classes e categorias oficiais da CBJ nos nipes masculino e feminino.          

 

· FESTIVAL GOIANO DE JUDÔ de 3 a 12 anos (pré-mirim, mirim, infantil e sub 13 anos, no máximo até faixa amarela) com ranking especial em separado com premiação para entidades em separado. Será permitida a inscrição de atletas não federados, desde que estejam representando entidades filiadas ou vinculadas à FEGOJU  e no caso de eventos abertos, desde que esteja representando entidades com CNPJ.

· Campeonato Goiano Sub 11 – Infantil – Com opção de Festival e/ou competição;

· Campeonato Goiano Sub-13 Anos – Infanto-Juvenil – Com opção de Festival e/ou competição;

· Campeonato Goiano Sub-15 Pré-Juvenil

· Campeonato Goiano Sub-18 Juvenil

· campeonato Goiano Sub-21 – Júnior

· campeonato Goiano Sênior Adulto

· Campeonato Goiano Veteranos, conforme divisões oficiais da CBJ – 30 anos em diante, com separação a cada cinco anos, com PREMIAÇÃO EM CONJUNTO POR EQUIPES COM A CLASSE PRINCIPAL.

· Campeonato Goiano Por Equipes - 15 anos em diante, ranking em separado;

· Campeonato Goiano Semi-Absoluto - 15 Anos em diante;

· Campeonato Goiano de Kata - 15 anos em diante.

· Copa Goiás de Judô Todas as classes.

· Campeonato Goiano Dangai (até faixa marrom).

· Campeonato Goiano Dangai (até faixa laranja).

· E, outros determinados pelo presidente da FEGOJU em ato próprio.

 

03  – DAS INSCRIÇÕES DAS ENTIDADES FILIADAS E VINCULADAS

 

Para participação nos Campeonatos todas as entidades deverão satisfazer as seguintes condições:

 

Estar em dias com suas obrigações financeiras e estatutárias (anuidade de clube e professor);

 

Não estar cumprindo punições administrativas ou disciplinares junto a FEGOJU e CBJ;

 

– Todos os membros deverão possuir a carteira da FEGOJU/CBJ – 2024 (PROFESSORES, ATLETAS, ÁRBITROS, TÉCNICOS E OFICIAIS) e participar, obrigatoriamente do Credenciamento Técnico e de Arbitragem da FEGOJU 2024, neste caso,  técnicos, árbitros, oficiais e dirigentes, ficando proibidos de participarem de eventos nacionais e estaduais, caso não participem.

 

– A ENTIDADE FILIADA OU VINCULADA deverá enviar a ficha de inscrição até a última TERÇA-FEIRA, antes do evento) e fazer a inscrição pela plataforma zempo em www.zempo.com.br com login e senha da entidade, com os seguintes prazos:

 

– Até TERÇA-FEIRA, antes da competição – Descontos de 20% na taxa de inscrição, percentual de retorno ao Clube (não há retorno ao atleta), até às 22h00min;

 

– Até QUARTA-FEIRA, antes da competição – Sem descontos até às 22h00min;

 

- Quinta Feira – Inscrição Tardia: valor em dobro.

 

– A relação de inscritos em cada evento na plataforma zempo deve ser salva em formato Excel e encaminhada cópia para os E-mail: judogoias@judogoias.com.br, com copia para josmaramaral@gmail.com,   ratificando as inscrições da plataforma zempo.

 

– As taxas de competição, anuidade, promoção de faixa e outras poderão ser efetuadas através de depósito bancário na   conta corrente n°24.972-9 Banco   Itaú - ag. 4393 – Federação Goiana de Judô com identificação do depositante (DEPÓSITO IDENTIFICADO) - CNPJ 01.285.741/0001-29 (PIX), com encaminhamento do comprovante para a FEGOJU em judogoias@judogoias.com.br, com cópia para josmaramaral@gmail.com ou whatssap 993885282.

 

– As entidades para terem os descontos na taxa de inscrição deverão indicar um árbitro ou 2 oficiais para atuarem voluntariamente nos eventos ou pagamento da taxa de arbitragem e técnico administrativo no valor de R$100,00 (cem reais), caso contrário perderão os descontos, e perderão os pontos do evento do clube.

 

Não serão devolvidos valores de inscrições, em caso de corte de atleta por motivo de desistência ou falta no dia do evento.

 

– No caso de “dobras” (competir em duas ou mais categorias), o nome do atleta deverá aparecer em ambas às fichas de classes de idades diferentes, devendo pagar o valor de uma nova inscrição, com 50% de descontos por dobra e deverá ser inscrito no ZEMPO em todas as categorias que participa. A ficha deverá ser assinada pelo técnico ou responsável, o mesmo, deverá ser judoca maior de idade e no mínimo faixa Preta, autorizados pelos clubes filiados.

 

- Não serão permitidas dobras na classe veteranos, com exceção de dobra para a classe sênior.

 

Não serão feitas novas inscrições após a data final do prazo de inscrição.

 

No ato da inscrição, obriga-se a Entidade a apresentar atestado médico e termo de responsabilidade, em que conste estar em pleno gozo de suas faculdades físicas e mentais e no caso do atleta ser menor de 18 anos a autorização individual dos pais, devidamente abonado pelo presidente da academia filiada. O não cumprimento impedirá a participação do atleta no evento, sendo a responsabilidade exclusiva dos professores e entidades filiadas ou vinculadas à FEGOJU.

 

– A cada Entidade cabe o direito de inscrever qualquer número de atletas em cada categoria de peso e classe de idade, de acordo com a tabela de pesos constante no presente regulamento nos eventos estaduais.

 

– Ninguém estará autorizado a representar ou competir por uma entidade na qual não esteja devidamente registrado.

 

– No ato do registro do atleta na FEGOJU e recebimento da carteira 2024, o atleta, através de seu professor e clube, deverá apresentar documento idôneo de identificação para o recebimento da mesma.

 

Em forma de incentivar as entidades a FEGOJU concederá um desconto de 20% sobre toda a tabela de custas da mesma, todas as taxas.

 

– Os descontos dados às entidades deverão ser, obrigatoriamente, utilizados em forma de incentivo e custeio de despesas dos atletas, técnicos e árbitros das entidades que participam dos eventos oficiais da FEGOJU, bem como a sua utilização para pagamento das taxas de Premiação Final            da FEGOJU (BONENKAI), sob responsabilidade e critério do professor da entidade beneficiada.

 

Após encerradas as inscrições, a FEGOJU se reserva ao direito de alterar inscrições de atletas, visando a gestão do evento, motivado por alteração de categorias de peso no dia da competição após a pesagem oficial, ou por sanar erros de inscrições dos clubes ou da própria FEGOJU.

 

 

 

04  – DAS INSCRIÇÕES DOS ATLETAS EM CAMPEONATOS

 

Poderão participar dos campeonatos estaduais somente atletas devidamente registrados ou autorizadas pela presidência da FEGOJU, quando o evento for aberto.

 

– Poderão participar dos campeonatos estaduais SELETIVOS PARA EVENTOS NACIONAIS OU INTERNACIONAIS, somente brasileiros natos ou naturalizados.

 

A idade do atleta será aferida pela carteirinha da FEGOJU/CBJ-2024, que contenha obrigatoriamente foto, tomando-se por base somente o ano de nascimento.

 

Nos Campeonatos Estaduais será permitido a participação de atletas com a graduação inferior às exigidas pela CBJ, porém para serem inscritos nas competições de nível nacional o atleta deverá ter a graduação mínima exigida pela CBJ.

 

– Será vedada a participação do atleta com graduação inferior exigidas pela CBJ nos eventos nacionais              e internacionais da CBJ e FIJ, conforme determina regulamentação própria.

 

– A Seletiva para o Brasileiro Regional 2024 será realizada na I Etapa do Goiano de 2024, sendo que na Classe Sênior, Sub 21 e Sub 18, e classe Veteranos, valerá pontuação para o Ranking Nacional da CBJ 2024, caso seja determinado pela regulamentação da CBJ.

 

Após a seletiva estadual o atleta selecionado para o Campeonato Brasileiro, a FEGOJU determinará o prazo para confirmar sua participação no evento. Após este prazo e confirmado a desistência do selecionado, será convocado o atleta Vice-Campeão e assim sucessivamente, sendo obrigatório a participação nos treinamentos da SELEÇÃO ESTADUAL a serem definidos pela FEGOJU, sujeito a não ser convocado para os eventos ao qual foi classificado, caso não participe dos treinamentos obrigatórios, devendo ser avaliadas as justificativas pela não participação através da Coordenação Técnica e presidente da FEGOJU.

 

 

– Para participar dos Campeonatos Nacionais da CBJ e Internacionais da FIJ será exigido a graduação mínima nas seguintes classes abaixo. Não poderão alterar na plataforma zempo suas graduações sem que tenha cumprido as carências mínimas de idade e tempo:

 

 

·         SUB-13: A partir de faixa AZUL.

·         SUB-15: A partir de faixa AMARELA.

·         SUB-18: A partir de faixa LARANJA.

·         SUB-21: A partir de faixa VERDE.

·         Sênior: A partir de faixa ROXA.

 

– Nas etapas do Campeonato Goiano é permitido a participação de atletas SUB-18 nas classes SUB-21 e/ou SÊNIOR, bem como, os atletas SUB-21 na classe SÊNIOR. Os atletas da classe VETERANOS poderão dobrar apenas para a classe sênior.

05  – DO RANKING

 

– O Campeonato Goiano de Judô de 2024 será realizado por etapas com um sistema de ranqueamento por pontos que serão acumulados em cada etapa em eventos oficiais.

 

– O Ranking servirá para a conquista do título de CAMPEÃO GOIANO DE 2024 com direito ao Troféu CAMPEÃO DO RANKING FEGOJU/2024 que será entregue no BONENKAI, festa de confraternização e encerramento do ano, bem como, para a classificação dos atletas que serão indicados ao             programa de bolsa atleta estadual e municipal, de acordo com regulamentação própria, específica de cada bolsa ou classificação para participação em eventos nacionais, com taxa de participação a ser estipulada pela FEGOJU.

 

Para efeitos de Ranking e classificação geral dos clubes participantes dos eventos estaduais, serão premiados os seguintes eventos:

 

Festival – clubes de 1° ao 3° lugares

Classe Principal: clubes 1° ao 3° lugares

 

A classe Principal será formada pelas classes sub13, sub15, sub18, sub21, sênior e Veteranos, ficando extinta a Classe Máster/Veteranos para premiação individual de clubes.

 

COMPETIÇÕES QUE VALERÃO PONTOS PARA O RANKING ESTADUAL DE 2024:

 

·         ETAPAS DO CAMPEONATO ESTADUAL realizados e promovidos pela FEGOJU: 1º lugar: 10 pts - 2° lugar: 07 pts - 3º lugar: 05 pts

 

·         CAMPEONATOS BRASILEIROS REGIONAIS E FINAIS Sub 13 anos, Sub 15, Sub 18, Sub 21 e Sênior, promovidos pela CBJ: 1º lugar: 15 pts - 2° lugar: 10 pts - 3º lugar: 07 pts;

 

 

·         TREINAMENTO DE CAMPO PROMOVIDO PELA FEGOJU – 5 pontos por evento;

 

Eventos nacionais, exceto os descritos acima, e internacionais, escolares, universitários, abertos, etc, não contarão pontos no Ranking Estadual por possuírem ranking próprio da CBJ e FIJ.

 

– Caso haja choque de datas entre os eventos estaduais com Campeonatos Nacionais ou Internacionais que o atleta foi convocado ou autorizado pela CBJ, bem como Escolares, Universitários ao qual o atleta participe, ele receberá 10 pontos de bonificação, sem necessidade de participação no estadual, independentemente de colocação no evento nacional ou internacional.

 

Critério para o desempate no Ranking individual na categoria de peso na seguinte ordem:

 

A - Maior soma do número de pontos na categoria de peso.

B – Maior número de 1º lugar

 C – Maior número de 2º lugar

 D Maior número de lugar

E – Maior graduação de faixa

F – Maior idade

 

Critério para o desempate no Ranking Geral na classe de idade na seguinte ordem:

 

A - Maior soma do número de pontos de todas as categorias de peso na classe que participou.

B Maior número de lugar

C – Maior número de 2º lugar

 D Maior número de lugar

E – Maior graduação de faixa

F – Maior idade

 

- Critério para classificação geral por entidades em cada etapa estadual:

 

          Maior soma de pontos:

          - 1º lugar: 25 pts          - 2° lugar: 20 pts       - 3º lugar: 15 pts       - 4º lugar: 10 pts      

          - 5º lugar: 8 pts            - 6º lugar: 6 pts         - 7° lugar: 4 pts         - 8° lugar: 3

          - 9° lugar: 2 ptos         - 10° lugar: 1 ponto.

 

 

06  – SISTEMA DA FORMAÇÃO DA SELEÇÃO ESTADUAL PARA O CAMPEONATO BRASILEIRO REGIONAL: (Região IV).

 

– Para participar da competição nacional, o atleta deverá ser inscrito na seletiva estadual e  deverá ter a graduação de faixa mínima exigida pela CBJ , caso contrário não poderá participar do Brasileiro Regional porque os dados cadastrais referentes a graduação não poderão ser alterados no zempo, após a seletiva, pois, a plataforma não permite alteração sem que o atleta tenha a carência de tempo regulamentada para nova promoção.

 

– De acordo com as Normas do Regulamento da CBJ-2023, caso a CBJ edite nova regulamentação, a FEGOJU fará alterações no regulamento para adequação ao determinado pela Confederação Brasileira de Judô, ficando ressalvada tal prerrogativa à FEGOJU.

 

            A equipe GOIANA para o Brasileiro Regional, classificados na Seletiva Estadual, obedecendo o seguinte:

 

a)    Classes Sub-13 e Sub-15: Até 36 atletas por classe, com limite de 02 atletas por categoria de peso e sexo.

As vagas serão preenchidas pelos e colocados na seletiva estadual.

 

b)   Classes Sub-18: Até 48 atletas por classe, com limite de 03 atletas por categoria de peso e sexo.

 

c)    Classes Sub-21 e Sênior: Até 42 atletas por classe, com limite de 03 atletas por categoria de peso e  sexo.

 

As vagas serão preenchidas pelos 1º, 2º e 3º colocados na seletiva estadual, (será feito uma luta entre os dois terceiros, caso houver dois, para definir qual atleta ficará com a vaga).

 

As vagas restantes, para completar as quantidades prevista item 6, serão preenchidas em chamada da convocação, com o s seguintes requisitos classificatórios:

 

- Atletas que estejam em eventos da CBJ no dia da seletiva estadual, desde que seja convocado pela  CBJ e sua participação seja autorizada pela FEGOJU.

 

2º - Aos Segundos (3º) colocados da Seletiva Estadual com MELHOR classificação no RANKING  ESTADUAL do ano anterior.

 

- Caso haja empate na classificação do Ranking do ano anteiror, a vaga será daquele que possuir o melhor resultado nas seguintes competições em no ano anterior, e na RESPECTIVA ordem:

 

1.        Campeonato Mundial

2.        Campeonato Pan-Americano

3.        Campeonato Sul-Americano

4.        Campeonato Internacional convocado pela CBJ

5.        Olimpíada Escolar ou Universitária Internacional pela CBJ

6.        Campeonato Brasileiro na Fase Final

7.        Seletiva Nacional

8.        Troféu Brasil

9.        Campeonato Brasileiro Regional

10.    Olimpíada Escolar ou Universitária Nacional

 

- Este Regulamento para formação da Seleção Goiana para o Regional dependerá das determinações da CBJ (RNC) em quantidade e classes para o Brasileiro Região IV.

 

– Após a SELETIVA ESTADUAL NÃO será permitido à alteração de peso pelo atleta.

 


– O peso do atleta será conferido pelos técnicos da seleção, durante os treinamentos obrigatórios, e será desligado da equipe aquele que se apresentar com mais de 5% acima ou abaixo do peso limite da categoria de peso.

 

 

 

07  - SISTEMA DA FORMAÇÃO DA SELEÇÃO ESTADUAL PARA O CAMPEONATO BRASILEIRO FASE FINAL

 

- A Seleção Goiana para a Fase Final do Campeonato Brasileiro nas classes Sub-13 e Sub-15 anos será composta por no máximo de onze atletas em cada classe e naipe, masculino e feminino, sendo nove vagas, uma em cada peso e duas categorias de peso poderão ter uma dobra. Nenhuma categoria deverá ultrapassar a quantidade de 02 (dois) atletas por peso, a quantidade de vagas é proporcional a quantidade de atletas que competiram no Brasileiro Regional.

 

– A Seleção Goiana para a Fase Final do Campeonato Brasileiro nas classes Sub-18 será composta por até dez (10) atletas por gênero (feminino ou masculino) em cada evento, sendo uma vaga por categoria (8) e mais duas (2) dobras

– A Seleção Goiana para a Fase Final do Campeonato Brasileiro nas classes Sub-21 anos será composta por até nove (09) atletas por gênero (feminino ou masculino) poderão ser inscritos em cada evento, sendo uma vaga por categoria (7) e mais duas (2) dobras.

 

– A Seleção Goiana para a Fase Final do Campeonato Brasileiro nas classes Sênior será composta por   09 (nove). Nenhuma categoria deverá ultrapassar a quantidade de 02 (dois) atletas por peso:

 

 

- A Seleção Goiana para a Fase Final dos Campeonatos Brasileiros será composta pelos atletas melhores classificados na seletiva estadual cada classe de idade a ser realizada pela FEGOJU;

 

– Caso não haja tempo hábil para a realização da seletiva em quaisquer classes, a FEGOJU determinará a seleção, conforme os melhores resultados no Regional;

 

– As vagas remanescentes, sejam por desistências dos atletas ou por mudanças de categorias serão preenchidas pelos segundos lugares e subsequentes que participaram da seletiva.

 

 

– As duas vagas Extras (dobras) em cada naipe nas classes, serão dos atletas que obterem os segundos lugares na seletiva para brasileiro final e os melhores resultados no Brasileiro Regional do corrente ano.

 

– Em caso de empate na classificação do Brasileiro Regional será a vaga do atleta melhor classificado no Ranking Geral da FEGOJU do corrente ano, e permanecendo o empate, conforme os resultados destes atletas nos seguintes eventos do ano anterior, respetivamente na seguinte ordem:

 

1.      Campeonato Mundial

2.      Campeonato Pan-Americano

3.      Campeonato Sul-Americano

4.      Campeonato Internacional convocado pela CBJ

5.      Olimpíada Escolar ou Universitária Internacional pela CBJ

6.      Campeonato Brasileiro na Fase Final

7.      Seletiva Nacional

8.      Troféu Brasil

9.      Campeonato Brasileiro Regional

10.  Olimpíada Escolar ou Universitária Nacional

 

Para preencher as VAGAS a FEGOJU poderá indicar atletas em casos especiais, tais como:

 

a)             Indicação de atleta que esteve participando de algum evento no qual foi convocado pela CBJ, e não participou do Regional.

 

b)             Ou outra especificidade de caráter emergencial, como por exemplo, desistência de última hora.

 

- A contemplação do PAF da CBJ será concedida aos atletas que compõem a Seleção Goiana de Judô para o Campeonato Brasileiro Final, aos melhores classificados no Campeonato Brasileiro Regional, havendo empate, melhor rankeados no ano corrente e continuando o empate melhor rankeados no ano anterior.

– Todos os atletas classificados para o Campeonato Brasileiro Fase Final serão convocados para o treinamento obrigatório da Seleção. O não comparecimento do titular ao treinamento será considerado como desistência e implicará no corte do atleta, sendo, substituído pelo seu reserva imediato. O treinamento poderá ser em locais diferentes e simultâneos a critério da FEGOJU.

– O atleta selecionado terá que confirmar sua participação para o Campeonato Brasileiro Fase Final, entregando até o dia do 1º treinamento os seguintes documentos: carteirinha da FEGOJU, atestado médico, autorização dos pais para VIAGEM/HOSPEDAGEM e COMPETIÇÃO, ficha de inscrição e pagamento da taxa de inscrição com taxa de rateio técnico para cobertura das despesas deste no evento.

– Nos treinamentos da seleção haverá controle de peso, sendo que será cortado da equipe o atleta que estiver com 5% acima do peso da categoria ao qual irá participar do Campeonato Brasileiro.

 

– Caso não haja preenchimento das vagas, para os Brasileiros Finais, a FEGOJU se reserva o

 

direito de convocar qualquer atleta para representar a Federação desde que esgotadas as oportunidades de convocações, visando que o Estado não deixe de ter representatividade nos eventos oficiais da CBJ.

 

- Toda esta regulamentação de participação dos Brasileiros depende do RNC da CBJ 2024.

 

08  - ATENDIMENTO DE PRIMEIROS SOCORROS E ATESTADO MÉDICO

 

– Nos eventos estaduais a Federação Goiana de Judô prestará os primeiros socorros no local da competição, com indicação de profissional na área da saúde, podendo ser médicos, enfermeiros, fisioterapeutas ou outros. Também, comunicará ao Corpo de Bombeiros através de ofício e solicitação de serviços de atendimento móvel no local.

Em caso de acidentes, haverá a prestação de serviços de primeiros socorros, e deverá estar presente no local do atendimento o técnico, ou um familiar do atleta, ou uma pessoa por eles indicados. Inclusive para encaminhamento hospitalar.

Acrescentar os protocolos de exames para o atestado médico, da seguinte forma:

 

– Nos campeonatos estaduais seletivos para brasileiro, não serão aceitas as impugnações por atestado médico de atletas que apresentarem problemas físicos antes, durante ou após a competição e ou nenhuma outra impugnação de qualquer natureza. O atleta deverá estar em pleno gozo de suas capacidades físicas e mentais no dia do evento.

 

– Todas as inscrições em eventos estaduais ou nacionais de atletas deverão ser acompanhadas de atestado médico, obrigatoriamente, sob responsabilidade dos professores de clubes filiados a FEGOJU, sendo concedido a apresentação de atestado coletivo de todos os atletas para cada semestre do ano, ou seja, cada semestre haverá necessidade de apresentação de atestado médico, constando que o ATLETA está em pleno gozo de sua saúde mental e física, apto a competir e participar de eventos organizados pela FEGOJU, podendo ainda, conforme legislação estadual, apresentar o questionário de saúde, respondido sem quaisquer negativa, e enviado á FEGOJU em tempo hábil, antes das competições, BEM COMO, O TERMO DE RESPONSABILIDADE.

 

09   – DA PESAGEM

 

Será realizada no dia e local da competição em horário pré-determinado, somente em carácter oficial, não havendo pesagem extraoficial em todas as classes.

 

No dia da competição haverá uma tolerância máxima de 200 gramas aos atletas menores de dezoito anos, e aos demais não haverá tolerância.

 

Durante a pesagem oficial o atleta poderá subir na balança apenas uma (01) vez, e aquele que não  pesar dentro do limite de sua categoria, será remanejado para a categoria de peso real.

 

A responsabilidade pela conferência de peso será da Comissão de Pesagem composta por membros designados pela FEGOJU, observando sempre a Comissão Feminina e Masculina.

– No recinto da pesagem permanecerá somente a Comissão de Pesagem e atletas das classes chamados                 para a conferência de peso.

 

Na pesagem, será obrigatório apresentar a careteira FEGOJU ou documento oficial com

 

foto.

 

10  – CONGRESSO TÉCNICO

 

- O Congresso técnico poderá ser realizado de forma virtual no dia que antecede a competição, com discricionariedade exclusiva da FEGOJU para sua realização ou não.

 

– Se necessário o Congresso Técnico será realizado no dia e local do evento, uma (01) hora antes do início da competição e haverá a obrigação da presença de um representante das Entidades participantes do Campeonato. Porem será realizado com qualquer número de técnicos presentes no horário estabelecido, e quem não participar estará sujeito às decisões tomadas pela maioria.

 

– No Congresso Técnico serão discutidos os assuntos relevantes à competição, além de assuntos de ordens levantadas pelos técnicos, e mais:

A)            Identificação dos técnicos;

B)             Sistema de apuração (conforme regulamento);

C)             Confirmação das inscrições (não podendo efetuar substituição ou nova inscrição);

D)            Correção das chaves após a pesagem (não podendo efetuar substituição, nova inscrição ou dobra)

 

11  – SISTEMA DE DISPUTA NAS COMPETIÇÕES:

 

  Nos campeonatos estaduais não seletivos e seletivos, em todas as classes:

 

a)               Quando o número de competidores for inferior a seis (06) atletas, o sistema de apuração será o de rodízio (Um contra todos).

 

b)               Quando o número de competidores for igual ou superior a cinco (06) atletas, será usado o sistema de eliminatória olímpica, com repescagem somente entre os perdedores nas quartas de finais;

Para o desempate entre os atletas no sistema de rodízio, será obedecido o seguinte critério:

 I - Número de vitórias;

II  - Contagem de pontos, conforme a seguinte tabela:

A - Vitória por Ippon ou equivalente

10 pontos

B - Vitória por Waza-Ari ou equivalente

01 pontos

E – Vitória por Yusei-Gashi ou equivalente

00 Ponto

 

III  - Confronto direto entre os atletas empatados;

 

IV  - Permanecendo o empate deverá ser analisado o menor tempo acumulado em confrontos vencidos.

 

No sistema de rodízio, caso um atleta desista de prosseguir na competição, serão desconsideradas todas as lutas das quais tenha participado anteriormente na chave e o mesmo não será classificado; salvo se for à última luta deste atleta no rodízio, o qual seu oponente será vencedor por Yusei-Gashi.

 

12  – CAMPEONATO ESTADUAL POR EQUIPE: 15 ANOS ACIMA (MASC/FEM)

 

– Uma mesma associação poderá participar com quantas equipes ela desejar, a equipe poderá ser formada com no mínimo três (03) atletas e no Máximo cinco (05) atletas.

 

– A Equipe poderá ser formada por atletas de uma mesma associação ou não, ou seja, duas ou mais associações poderão se unir e formar uma ou mais equipes, salvo se os atletas foram inscritos dentro do prazo limite, estabelecido no regulamento.

 

– Na competição por equipe todos os atletas deverão participar do cerimonial de saudação inicial e final. Aquele que deixar de participar do cerimonial de saudação inicial será impedido de lutar, sendo o seu adversário considerando vencedor por Ippon, e aquele que deixar de participar do cerimonial de saudação final será considerado perdedor por ippon, independente do resultado do seu combate, no confronto, exceto por motivos de saúde, devidamente atestada pelo médico oficial do evento.

 

– Na competição por equipe, se houver abandono de qualquer um dos membros, o atleta impedido poderá ser substituído por outro na próxima rodada, desde que o substituto não tenha participado de nenhuma luta por outra equipe. Caso aconteça a equipe será declarada perdedora.

– Em cada rodada em novo confronto a equipe poderá ser alterada para a disputa com uma ordem diferente dos atletas da rodada anterior, desde que respeitada as categorias de peso.

 

Em cada confronto poderão participar os atletas de pesos e ordem especificados abaixo:

 

FEMININO

MASCULINO

Confronto

Até 48 Kg

Confronto

Até 66 Kg

Confronto

Até 52 Kg

Confronto

Até 73 Kg

Confronto

Até 57 Kg

Confronto

Até 81 Kg

Confronto

Até 63 Kg

Confronto

Até 90 Kg

Confronto

LIVRE

Confronto

LIVRE

 

13  – CAMPEONATO ESTADUAL SEMI-ABSOLUTO: 15 ANOS ACIMA (MASC/FEM)

 

           CATEGORIAS DE PESO:

 

FEMININO

MASCULINO

Categoria Leve

Até 60 Kg

Categoria Leve

Até 75 Kg

Categoria Pesado

Acima de 60 Kg

Categoria Pesado

Acima de 75 Kg

 

Uma mesma associação poderá participar com quantas atletas ela desejar.

 

14  – CAMPEONATO ESTADUAL DE NAGUE-NO-KATA: 15 ANOS ACIMA (MASC/FEM)

 

Uma mesma associação poderá participar com quantas duplas ela desejar.

As duplas poderão ser compostas com atletas do mesmo sexo ou sexos diferentes.

 

Não haverá graduação mínima. Porém, o TORI deverá ter graduação mínima igual a do UKE.

 

 

MUDANSHA - A dupla deverá realizar as três (03) partes do NAGE-NO-KATA.

 

YUDANSHA - A dupla deverá realizar as cinco (05) partes do NAGE-NO-KATA.

 

Critério para classificação:

 

As notas valerão de 0,0 a 10,0 pontos; sendo avaliado:

A)      Postura (pegadas)

B)       Harmonia (Ritmo e sincronismo)

C)       Esquivas (Movimentação e desequilíbrio)

D)      TORI (Aplicação das técnicas)

E)       UKE (Quedas)

F)        Judogui

G)      Saudação

 

 – Critério para o desempate:

                          1º) Maior soma de pontos,

       2º) A dupla menos graduada (somada as graduações de ambos)

                          3º) A dupla mais velha (somada as idades de ambos)

 

4.3 O júri será formado por no mínimo dois árbitros.

 

15  – TEMPO DE OSSAE-KOMI

 

WAZARI

10 até 19 segunos

IPPON

20 segundos

 

16  – DURAÇÃO DOS COMBATES:

Pré-Mirim e Mirim (festival)

01’ (Um) Minuto

Infantil e SUB-13

02’ (Dois) Minutos

SUB-15, Veteranos

03’ (Três) Minutos

SUB 18, SUB-21 e Sênior

04’ (Quatro) Minutos

 

17  – HANSOKU-MAKE

 

           HANSOKU-MAKE técnico será dado ao atleta que cometer o Shido ou uma técnica proibida.

 

           HANSOKU-MAKE técnico, o atleta que for punido por hansoku-make (técnico), pelo trio de arbitragem perderá somente a luta em questão, podendo participar de outras lutas da competição.

           HANSOKU-MAKE disciplinar será dado ao atleta que cometer qualquer atitude antidesportiva, contra a ordem e moral da competição, dos adversários, públicos e dos membros da FEGOJU.

HANSOKU-MAKE disciplinar, o atleta que for punido por hansoku-make (disciplinar), terá as atitudes relatadas na súmula que contenha o infrator e estará eliminado desta competição em todas as categorias que estiver inscrito e ainda poderá sofrer outras punições pela Comissão Disciplinar da FEGOJU e/ou pelo Tribunal de Justiça Desportiva da FEGOJU.

 

18  – JUDOGUI

 

           Em eventos estaduais não serão exigidos judogui brancos e azuis, podendo ser utilizado uma cor, com faixa diacrítica.

            

           Todos deverão portar distintivo de sua Entidade.

 

           Toda e qualquer publicidade no judogui, uniforme, agasalhos, etc., deverá obedecer ao disposto no regulamento da Federação Internacional de Judô (FIJ) e da Confederação Brasileira de Judô.

 

           O atleta deverá apresentar-se para a competição uniformizado de acordo com as normas e regulamento da Federação Internacional de Judô (FIJ) e da Confederação Brasileira de Judô, considerando             as medidas oficiais do judogui, de cor branca ou azul.

 

           – Toda a delegação estadual (atletas, técnicos, chefe de delegação e árbitros) que participarem de eventos nacionais ou internacionais, representando a Federação Goiana de Judô deverão, obrigatoriamente, usar Judoguis com logomarcas de patrocinadores da Federação, Emblema do Clube e da Federação, além do patche da organização dos eventos.

 

19  – PREMIAÇÃO

 

Na classe Festival todos os atletas receberão medalhas iguais, sem classificação.

 

Nas demais os classificados em 1º, e dois lugares serão premiados com medalhas de Ouro, Prata  e Bronze.

 

– Serão premiadas com troféus as agremiações classificadas do 1º ao 3º lugar as entidades para a classe        FESTIVAL com maiores números de inscritos. E, para as demais classes será observado o maior número de medalhas de ouro, prata, bronze, Sistema Olímpico.

 

20  - Da Indicação De Técnicos Oficiais Da FEGOJU Para Os Eventos Nacionais Da CBJ:

 

           - A Federação Goiana de Judô indicará os técnicos que representarão e atuarão junto as seleções estaduais para eventos nacionais da CBJ, conforme os seguintes critérios, sucessivamente:

a)         Ter participado com aprovação nos módulos Educação e estar em dia com a anuidade de 2024;

b)        Ter participação no Credenciamento Técnico 2024 e terem efetivados seus cadastros no Credenciamento Técnico da CBJ, através de atualização de dados na plataforma zempo.

c)         Estar inscrito na plataforma zempo no ano de 2024, com suas anuidades pagas.

d)        Para a primeira vaga (Oficial), o Técnico que tiver o maior número de atletas classificados na seleção.

e)         Para as vagas remanescentes (por adesão), os Técnicos que tiverem atletas classificados em ordem decrescente de quantitativo, que deverão atuar, obrigatoriamente para todos os atletas da seleção, não apenas de seus atletas, obrigatoriamente e deverão custear todas suas despesas de transporte, alimentação e estadia nos eventos.

f)          Caso haja empate entre os Técnicos a serem indicados, tanto oficiais quanto por adesão, a indicação recairá sobre o candidato que possuir maior experiência em Campeonatos Brasileiros nos últimos cinco anos.

g)        Caso persista o empate, a indicação recairá sobre o profissional com mais idade, pela data de nascimento.

 

– Os técnicos indicados pela FEGOJU, para atuarem nos eventos oficiais, somente poderão utilizar os uniformes cedidos para os respectivos eventos, sendo vedada a utilização de Camisetas ou Agasalhos que façam alusão a Entidades particulares (clubes e academias), sob pena de ficarem impedidos de representar a Federação pelo período de 01 (um) ano. Tal proibição não se aplica nos eventos nacionais ou internacionais em que a competição vise a representação do clube ou da associação (Grand Prix, Abertos, Copas, etc).

 

- No Campeonato Brasileiro Regional poderão ser indicados até quatro técnicos oficiais para orientação da Seleção Goiana, sendo que serão os que mais possuírem atletas classificados. Somente terão suas despesas pagas pela FEGOJU os técnicos oficiais, indicados pela mesma.

 

21  Da Participação Dos Técnicos Nos Eventos Estaduais Da FEGOJU:

 

- Para participação de técnicos nos eventos estaduais da FEGOJU, todos deverão atender os seguintes requisitos:

 

a)       Ter participação obrigatória no Credenciamento Técnico e de arbitragem 2024.

 

b)       Possuir graduação mínima de Faixa PRETA com apresentação da Carteira da FEGOJU/CBJ com validade 2024, com idade mínima de dezoito anos.

 

c)       Ter sido indicado pelo clube ou academia que representa.

 

d)       Possuir a Credencial Oficial da FEGOJU (Crachá PVC) que indica sua função e comprova sua participação no Credenciamento Técnico 2024, sem a qual não terá acesso ao local de competição;

 

e)       Trajar roupas adequadas à competição, com proibição do uso de shorts, ou roupas inapropriadas;

 

f)        Conduzir-se com moral, educação, respeito e ética, conforme preceitos filosóficos da modalidade.

 

g)       Na Classe Festival (até doze anos) não será permitido a atuação direta de técnicos nos eventos, sendo permitido somente orientação das crianças (não haverá cadeira para técnicos), sendo que os técnicos deverão acompanhar seus atletas dentro do SHIAI-JÔ.

 

22  – BOLSA ATLETA ESTADUAL

 

           Conforme regulamentação própria, e sendo permitido, de acordo com o ranking da FEGOJU.

            

23  – REGULAMENTO PARA EXAME E GRADUAÇÃO DE FAIXAS

 

           - Para que o Faixa Marrom seja promovido a Faixa Preta, ele deverá obrigatoriamente participar do Curso de Faixas Pretas, oferecido pela FEGOJU, devendo participar do Credenciamento Técnico e de Arbitragem 2024, além de participar como Árbitro/Oficial em todas as etapas do campeonato Goiano de Judô            2024 e nos eventos promovidos pela FEGOJU, sem direito a qualquer remuneração ou gratificação.

 

           - Todos os casos de promoção de faixa devem, obrigatoriamente, cumprir as determinações da Comissão de Grau da CBJ, que possui regulamento específico, e da Comissão de Grau da FEGOJU. Cabe à Comissão de Grau da FEGOJU analisar os casos específicos de promoções por merecimento.

 

           – O presidente da FEGOJU nomeará a Comissão Estadual de Graduação, indicando os membros, com saber técnico e conduta ilibada para formação da mesma, onde entre os seus membros, será indicado um presidente, eleito pelos seus próprios pares.

 

           No ano de 2024, haverá análise de currículo, e prova de admissão ao curso, com taxa específica, pode ser negado o direito de participação no curso por falta de capacitação técnica e carências exigidas pela CBJ e FEGOJU.

 

24  - DA ARBITRAGEM:

 

           - Os Técnicos estão sujeitos às punições impostas pela FIJ/CBJ, quanto à sua conduta, punição em conformidade com a legislação em vigor.

 

           - Qualquer participante envolvido com o Judô e com o evento da FEGOJU será passivo de punição, previstas no TJD da FEGOJU e no Estatuto do Torcedor, bem como, na Legislação em vigor no momento do fato.

 

           – As convocações para atuação de árbitros em eventos estaduais serão realizadas pela Presidência da FEGOJU, dando ciência ao Conselho Técnico e de Arbitragem para conhecimento.

           Para atuação oficial nos eventos da FEGOJU ou CBJ, ou eventos internacionais, os árbitros deverão participar, obrigatoriamente, do Credenciamento Técnico e de Arbitragem da FEGOJU 2024, bem como do Credenciamento da CBJ, além de participação no Seminário Estadual que será promovido pela coordenação de arbitragem da FEGOJU.

          Todas as classes nos eventos oficiais da FEGOJU, incluindo o festival deverão ser arbitrados pelos árbitros oficiais convocados

 

25  – COMISSÃO ESTADUAL DE GRADUAÇÃO

 

           – Visando o exame estadual de graduação o presidente da FEGOJU nomeará membros para sua composição, onde não poderá ser dada a nomeação de professores com graduação inferior a faixa preta 3° dan, não sendo remunerados pela atuação.

 

           O presidente da FEGOJU, ao nomear os membros da Comissão Estadual de Graduação, e indicará um de seus  pares para presidir a Comissão, ato discricionário da presidência.

 

           26 - RANKING DE ÁRBITROS E TÉCNICOS:

 

A FEGOJU cria o ranking de técnicos e árbitros da FEGOJU, com pontuação e classificação dos mesmos para efeitos de premiação e participação em eventos oficiais estaduais, nacionais e internacionais, conforme a seguinte pontuação:

 

Eventos estaduais ou municipais, autorizados ou realizados pela FEGOJU: 10 pontos

 

Eventos nacionais, convocados pela CBJ, CBDU ou CBDE: 20 pontos

 

Eventos internacionais (sul-americanos ou pan-americanos, mundiais, outros): 50 pontos

 

Ao final do ano de 2024 será divulgado o Ranking, sendo válido para efeitos de convocação para eventos nacionais e internacionais e futuros exames de graduação, com aval da FEGOJU, junto à CBJ para o ano seguinte:

 

O próprio clube deverá inscrever a Delegação com árbitros e técnicos atuantes em cada etapa.

 

27 - TRANSFERÊNCIAS DE ATLETAS:

 

– Os atletas que desejarem efetivar transferências interclubes de uma entidade para outra dentro do Estado de Goiás, poderão realizar A QUALQUER MÊS, quando através de formulário próprio poderão requerer suas transferências com comunicação ao Clube de origem para conhecimento. O presidente da FEGOJU poderá autorizar a transferência em caso de desfiliação do clube onde atleta está inscrito.

 

Caso não haja autorização do clube de origem para a transferência estadual, motivado por falta de pagamento de mensalidades ou outros encargos, o presidente da FEGOJU poderá sanar e autorizar a transferência, cabendo ao clube as providências legais para cobrança dos encargos devidos por parte dos atletas. E no caso de punições por questões disciplinares, o clube de origem deve apresentar a punição do atleta e o procedimento legal que foi determinado através de seus Tribunais de Justiça Desportiva, que tenha a punição e suspensão da transferência, sendo observada a ampla defesa e o devido processo legal.

 

            

28– COMISSÃO DISCIPLINAR TEMPORÁRIA

 

Visando o bom andamento das competições, será formada a Comissão Disciplinar, que julgará de imediato, de acordo com a Lei em vigor, as infrações que atentarem contra este regulamento, cabendo a FEGOJU nomear os membros da Comissão Disciplinar, através de sua presidência, de imediato podendo punir com suspensão de atuação no próprio evento ou em eventos futuros, além de punição de retirada do local do evento, sumariamente, devendo o ato ser submetido a apreciação e decisão definitiva do TJ da FEGOJU.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

29– DOS CASOS OMISSOS

 

Os casos omissos ou que atentam contra qualquer norma prevista neste Regulamento, serão resolvidos pelo Conselho Técnico e de Arbitragem da FEGOJU 2024, respeitadas a legislação e as normas técnicas em vigor.

 

Anápolis, 06 de janeiro de 2024.

 

 

 

CONSELHO TÉCNICO E DE ARBITRAGEM DA FEGOJU

 

FEDERAÇÃO GOIANA DE JUDÔ

Josmar Amaral Gonçalves

 Presidência

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tabela de Peso Oficial da FEGOJU 2024

 

 

MASCULINO

Categoria

Pré-Mirim

Mirim

Infantil

SUB-13

SUB-15

SU-18

SUB-21

Sênior

VETERANOS

 

Idade

 

Até 6 anos

 

07 e 08

 

09 e 10

 

11 e 12

 

13 e 14

 

15/16/17

 

18/19/20

21 e acima

30 anos

acima de  5 em 5 ANOS

PLUMA

- 16 KG

- 18 KG

- 24 KG

-

-

-

-

-

-

Super-

ligeiro

- 18 kg

- 20 kg

- 27 kg

- 28 kg

- 36 kg

- 50 kg

- 55 kg

- 55 kg

- 55 kg

Ligeiro

- 20 kg

- 22 kg

- 30 kg

- 31 kg

- 40 kg

- 55 kg

- 60 kg

- 60 kg

- 60 kg

Meio-leve

- 22 kg

- 24 kg

- 33 kg

- 34 kg

- 44 kg

- 60 kg

- 66 kg

- 66 kg

- 66 kg

Leve

- 25 kg

- 27 kg

- 36 kg

- 38 kg

- 48 kg

- 66 kg

- 73 kg

- 73 kg

- 73 kg

Meio- médio

 

- 28 kg

 

- 30 kg

 

- 40 kg

 

- 42 kg

 

- 53 kg

 

- 73 kg

 

- 81 kg

 

- 81 kg

 

- 81 kg

Médio

- 31 kg

- 33 kg

- 45 kg

- 47 kg

- 58 kg

- 81 kg

- 90 kg

- 90 kg

- 90 kg

Meio-

pesado

- 35 kg

- 36 kg

- 50 kg

- 52 kg

- 64 kg

- 90 kg

- 100 kg

- 100

kg

- 100 kg

 

Pesado

- 40 kg

- 40 kg

+ 55 kg

-60 kg

-73 kg

+ 90 kg

+ 100kg

+

100kg

+ 100kg

SUPER-

PESADO

+ 40 KG

+ 40 KG

+ 55 KG

+60 KG

+73KG

-

-

-

-

FEMININO

PLUMA

- 16 KG

- 18 KG

- 24 KG

-

-

-

-

-

-

Super- ligeiro

- 18 kg

- 20 kg

- 27 kg

- 28 kg

- 36 kg

- 40 kg

- 44 kg

- 44 kg

- 44 kg

Ligeiro

- 20 kg

- 22 kg

- 30 kg

- 31 kg

- 40 kg

- 44 kg

- 48 kg

- 48 kg

- 48 kg

Meio-leve

- 22 kg

- 24 kg

- 33 kg

- 34 kg

- 44 kg

- 48 kg

- 52 kg

- 52 kg

- 52 kg

Leve

- 25 kg

- 27 kg

- 36 kg

- 38 kg

- 48 kg

- 52 kg

- 57 kg

- 57 kg

- 57 kg

Meio- médio

 

- 28 kg

 

- 30 kg

 

- 40 kg

 

- 42 kg

 

- 53 kg

 

- 57 kg

 

- 63 kg

 

- 63 kg

 

- 63 kg

Médio

- 31 kg

- 33 kg

- 45 kg

- 47 kg

- 58 kg

- 63 kg

- 70 kg

- 70 kg

- 70 kg

Meio-

pesado

- 35 kg

- 36 kg

- 50 kg

- 52 kg

- 64 kg

- 70 kg

- 78 kg

- 78 kg

- 78 kg

 

Pesado

- 40 kg

+ 36 kg

+ 50 kg

-60 kg

-73 kg

+ 70kg

+ 78 kg

+ 78 kg

+ 78 kg

SUPER-

PESADO

+ 40 KG

+ 40 KG

+ 55 KG

+60 KG

+73KG

-

-

-

-

 

Havendo confronto com as Normas da CBJ, prevalecerá as Normas superiores

 

FEDERAÇÃO GOIANA DE JUDÔ

FICHA DE INSCRIÇÃO PARA CAMPEONATO GOIANO DE JUDÔ atleta maior de 18 anos de idade

EVENTO:                         CAMPEONATO GOIANO DE JUDÔ RANKING 2024 TODAS ETAPAS

NOME DO ATLETA:                                                                                                                                                                           DATA DE NASCIMENTO:                                                                                                                CATEGORIA:                                             GRADUAÇÃO DO ATLETA:                                                                                                                          PESO:                                                         NºRG:    CARTEIRA DA FEGOJU/CBJ:                                                                       ENDEREÇO:                                                                 FONE:                                                                                                                                          PAI:            MAE:                                                                                                                                                                                      CLUBE:          CIDADE:                                                              ESTADO:                                                                                                                                                NOME DO PROFESSOR:                                           GRADUAÇÃO:  ________________________                                     

Termo de responsabilidade

Autorizo e solicito pelo presente, minha inscrição como atleta acima qualificado a participar do Campeonato Goiano de Judô – Ranking 2024 em todas suas etapas. Declaro ter pleno conhecimento do regulamento e das regras de competição. Assim, Isento os dirigentes da FEGOJU dos riscos de eventuais acidentes que possa sofrer durante a viagem e na realização do evento, bem como, autorizo a divulgação em quaisquer meios de comunicação da imagem (filmagens, fotografias, e outros), principalmente autorizando a divulgação no site www.judogoias.com.br para publicidade dos eventos da FEGOJU do atleta citado.

 

LOCAL E DATA                                                                           

 


Assinatura do responsável

Atestado Médico

O abaixo assinado, profissional devidamente habilitado, atesta para o fim de participação na competição de judô, acima descrita, que o atleta:                                                                                                 , encontra-se apto Físico e Mentalmente para participar do evento.

 

Local e Data:                                      /             /                   

 


Assinatura e carimbo do Médico

Deferimento do professor do atleta

Atesto, sob as penas de LEI, a veracidade e autenticidade das declarações e assinaturas constantes da presente ficha de inscrição.

 

Em:               /           /                

 

 


Professor

 

FICHA DE INSCRIÇÃO PARA CAMPEONATO GOIANO atleta menor de 18 anos de idade

EVENTO:                         CAMPEONATO GOIANO DE JUDÔ RANKING 2024 TODAS ETAPAS

NOME DO ATLETA:                                                                                                                                                                           DATA DE NASCIMENTO:                                                                                                                CATEGORIA:                                             GRADUAÇÃO DO ATLETA:                                                                                                                          PESO:                                                         NºRG:    CARTEIRA DA FEGOJU/CBJ:                                                                       ENDEREÇO:                                                                 FONE:                                                                                                                                          PAI:            MAE:                                                                                                                                                                                      CLUBE:          CIDADE:                                                              ESTADO:                                                                                                                                                NOME DO PROFESSOR:                                           GRADUAÇÃO:  ________________________                                     

Termo de Autorização do Pai ou responsável legal

Autorizo pelo presente, o menor acima qualificado a participar do Campeonato Goiano de Judô – Ranking 2024 em todas suas etapas. Declaro ter pleno conhecimento do regulamento e das regras de competição. Assim, Isento os dirigentes da FEGOJU e Clube dos riscos de eventuais acidentes que possa sofrer durante a viagem e na realização do evento, bem como, autorizo a divulgação em quaisquer meios de comunicação da imagem (filmagens, fotografias, e outros), principalmente autorizando a divulgação no site www.judogoias.com.br para publicidade dos eventos da FEGOJU do atleta citado. Autorizo a viagem para todos os eventos oficiais da FEGOJU através de transporte coletivo (ônibus) – ida e volta, sob responsabilidade dos professores indicados pela FEGOJU.

 

Anápolis,                      de                                     de 2024.

 


Assinatura do responsável

 

Atestado Médico

O abaixo assinado, profissional devidamente habilitado, atesta para o fim de participação na competição de judô, acima descrita, que o atleta:                                                                                                     , encontra-se apto físico e mentalmente para participar do evento.

 

Local e Data:                                      /             /                   

 


Assinatura e carimbo do Médico

 

Deferimento do professor do atleta

Atesto, sob as penas de LEI, a veracidade e autenticidade das declarações e assinaturas constantes da presente ficha de inscrição.

Em:               /           /                

 


Professor

 

 

LEI Nº 20.630, DE 08 DE NOVEMBRO DE 2019.

 

Obriga, para a prática de qualquer atividade física e esportiva, o preenchimento do documento que especifica e dá outras providências. 

A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE GOIÁS, nos termos do art. 10 da Constituição Estadual, decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º É obrigatório, para a prática de qualquer atividade física e esportiva, em clubes, academias e estabelecimentos similares, o preenchimento, pelo interessado, do Questionário de Prontidão para Atividade Física constante do Anexo Único desta Lei.

Parágrafo único. Se o interessado for menor de idade, o Questionário de Prontidão para Atividade Física deverá ser preenchido e assinado pelo responsável legal, juntamente com sua autorização por escrito.

Art. 2° Somente aos que responderem positivamente a qualquer uma das perguntas do Questionário será exigida a apresentação de atestado médico de aptidão física.

Art. 3° Fica revogada a Lei nº 12.881, de 03 de junho de 1996.

Art. 4º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

PALÁCIO  DO  GOVERNO  DO  ESTADO   DE   GOIÁS,  em Goiânia, 08 de novembro de 2019, 131º da República.

  

 

RONALDO RAMOS CAIADO

(D.O. de 08-11-2019-Suplemento)

 

 

 

 

 

ANEXO 1

 QUESTIONÁRIO DE PRONTIDÃO PARA ATIVIDADE FÍSICA

NOME COMPLETO ATLETA:

DATA DE NASCIMENTO:

CLUBE A QUE PERTENCE:

CLASSE DE IDADE E PESO:

Este questionário tem por objetivo identificar a condição física daquele que pretende praticar atividades físicas. Por favor, assinale "sim" ou "não" às seguintes perguntas:

1) Algum médico já disse que você possui algum problema de coração ou pressão arterial, e que somente deveria realizar atividade física supervisionado por profissionais de saúde?

( ) Sim                 ( ) Não

2) Você sente dores no peito quando pratica atividade física?

( ) Sim                 ( ) Não

3) No último mês, você sentiu dores no peito ao praticar atividade física?

( ) Sim                 ( ) Não

4) Você apresenta algum desequilíbrio devido à tontura e/ou perda momentânea da consciência?

( ) Sim                 ( ) Não

5) Você possui algum problema ósseo ou articular, que pode ser afetado ou agravado pela atividade física?

( ) Sim                 ( ) Não

6) Você toma atualmente algum tipo de medicação de uso contínuo?

( ) Sim                 ( ) Não

7) Você realiza algum tipo de tratamento médico para pressão arterial ou problemas cardíacos?

( ) Sim                 ( ) Não

 8) Você realiza algum tipo de tratamento médico contínuo, que possa ser afetado ou prejudicado com a atividade física?

( ) Sim                 ( ) Não

9) Você já se submeteu a algum tipo de cirurgia, que comprometa de alguma forma a atividade física?

( ) Sim                 ( ) Não

10) Sabe de alguma outra razão pela qual a atividade física possa eventualmente comprometer sua saúde?

( ) Sim                 ( ) Não

 

NOME DO RESPONSÁVEL LEGAL:

RG:

FONE:

 

Através deste, autorizo o atleta acima descrito a participar do Campeonato Goiano de Judô – Etapas 2024. Em caso afirmativo em algum dos quesitos do questionário, deve ser apresentado o atestado médico para participação nos eventos da FEGOJU.

___________________/_____/_____/2024.

 

________________________________________________________

Assinatura do atleta

Quando atleta menor, assinatura do responsável legal